Canal do FAS no YOUTUBE

Loading...

Busca ativa localizou 791 mil famílias extremamente pobres

 22/02/2013 10:20
Ação do Plano Brasil Sem Miséria permitiu a inclusão das famílias no Cadastro Único para Programas Sociais e no Bolsa Família. Governo estima que ainda existam 700 mil famílias em situação de miséria que precisam ser identificadas 
      
Brasília, 22 – Desde seu lançamento, em junho de 2011, o Plano Brasil Sem Miséria já localizou 791.068 famílias em situação de extrema pobreza em todo o país. Conhecida como busca ativa, a ação realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com estados e municípios, tem por objetivo incluir essas pessoas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal para que possam ter acesso ao Bolsa Família e a serviços públicos, programas de inclusão produtiva, entre outras iniciativas.

Leia também:
Brasil Sem Miséria retira 22 milhões de pessoas da extrema pobreza
Cadastro Único, instrumento fundamental para o fim da miséria

Na cerimônia de anúncio da ampliação do Plano Brasil sem Miséria, nessa terça-feira (19), a presidenta Dilma Roussef ressaltou a importância da estratégia para que o país consiga superar a miséria. “É necessário encontrá-los e essa é uma diferença substantiva também que nós aprendemos: o Estado deve ir atrás, não deve esperar que esses brasileiros batam à nossa porta para que nós os encontremos.” Estima-se que mais 700 mil famílias precisam ser cadastradas até 2014.

A assistência social é uma área que deve ser privilegiada por estados e municípios para que a busca ativa atinja seus resultados. Em 2012, o MDS investiu R$ 65 milhões em mais de 1,2 mil equipes volantes que vão à procura dessas pessoas. Elas integram os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e estão presentes em 1.038 municípios do país.

Além disso, 108 lanchas vão possibilitar o transporte das equipes volantes que atuam na Amazônia Legal e no Pantanal a partir de 2013, com apoio do ministério. Serão repasses mensais de R$ 7 mil para possibilitar a realização dessas ações.

Ascom/MDS
(61) 2030-1021

www.mds.gov.br/saladeimprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentario